Carta repleta de mentiras, idealizada por Tarso Genro, vai circular o mundo

No momento em que se aproxima o dia do julgamento do processo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 2ª instância, avolumam-se as artimanhas no sentido de tentar desmoralizar a operação Lava Jato.

A nova cartada trata-se do que foi denominado ‘Carta Aberta aos Juristas do Mundo’, onde segundo os seus idealizadores, visa denunciar o que definem como ‘sufocamento do direito de defesa de Lula'.

Uma piada, que já conta com a assinatura de cerca de 500 advogados e personalidades ligadas a esquerda brasileira.

Ou seja, uma carta da elite que foi privilegiada durante os governos do PT.

A missiva cita o que eles chamam de "instrumentalização política das delações premiadas", sem fazer qualquer referência ao que foi dito pelo ex-ministro Antonio Palocci e desconhecendo o malfadado ‘pacto de sangue’.

A carta ainda reclama de prisões preventivas de longo curso (de corruptos), que, segundo os infames, seriam destinadas a buscar depoimentos contra Lula.

Uma insensatez que não menciona o dinheiro roubado que já foi recuperado para os cofres públicos pela maior operação contra a corrupção da história.

Além de Tarso, outros três advogados petistas participaram desse espetáculo de blasfêmia: Marco Aurélio de Carvalho, Carol Proner e Gisele Citadino.

Todos compactuam de um só sonho: retornar ao poder.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política