Reação do PT à escolha da filha de Roberto Jefferson: Amnésia ou má fé

Vi uma página de esquerda no Facebook dando ‘parabéns aos paneleiros’ porque Cristiane Brasil, filha de Roberto Jefferson, foi escolhida como nova Ministra do Trabalho.

Já que este pessoal tem sérios problemas de memória, vamos lá:

1. Temer foi eleito pela esquerda. Na chapa Dilma-Temer, lembram?

2. Roberto Jefferson foi preso porque denunciou o Mensalão do PT, aquele onde o tal Lula que vocês querem novamente na presidência foi denunciado, lembraram?

3. Nos governos petistas a pasta foi ocupada por gente "altamente qualificada" como:

- Jaques Wagner, acusado por delatores da Odebrecht de receber R$ 12 milhões em propina

- Ricardo Berzoini, aquele que exigia 1% de propina sobre todo e qualquer contrato da Andrade Gutierrez com governo federal

- Luiz Marinho, atualmente acusado de desvios na construção do ‘Museu do Trabalhador’ em São Bernardo do Campo

- Carlos Lupi, que teria recebido 400 mil de Caixa 2 da Odebrecht Ambiental

- Brizola Neto, que teria recebido R$ 150 mil de Caixa 2 da Odebrecht (junto com a própria Cristiane, que teria recebido R$ 200 mil)

- Manoel Dias, acusado de empregar militantes do PDT como funcionários fantasmas em uma empresa que tinha convênio com o próprio ministério

- Miguel Rossetto, coordenador da campanha de Dilma em 2014, aquela com denúncias de Caixa 2, recebimento de dinheiro do exterior e propinas.

Aliás, governo não gera emprego algum, quem gera é a iniciativa privada.

O tal ‘Ministério do Trabalho’ deveria mesmo é ser extinto e o governo parar de atrapalhar a geração de empregos.

(Texto de Marcelo Faria. Empreendedor e presidente do Ilisp)

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política