Jogo sujo: PT avança sobre a reputação de servidora concursada há 24 anos no TRF-4

Qualquer pessoa com um mínimo de coerência, que faça uma análise sem paixões, sabe que Lula é ‘ladrão’.

A propagação da ‘inocência’ do petista é uma questão de sobrevivência para a esquerda, notadamente para o PT.

E no PT só a militância insana acredita ou foi ‘programada’ a acreditar nesta pregação.

Os dirigentes petistas, os parlamentares, os ocupantes de cargos nas gestões de Lula e Dilma, todos participaram da farra.

Fora disso, alguns elementos da esquerda, bem poucos, aqueles ideológicos aos extremos, cegos por suas crenças, perdoam Lula, entendem que ele roubou pela ‘causa’, assim como perdoam Dirceu, Genoíno, Vaccari e todos os demais corruptos.

Esses exigem provas, porque acreditam que Lula não roubou em proveito pessoal. Fazem vistas grossas com relação ao patrimônio dos filhos de Lula, para a milionária previdência de Lula, para o sítio e o tríplex. Também se esforçam em acreditar que Lula realmente locava a cobertura do Sr. Glaucos e que dona Marisa Letícia todo mês pagava o aluguel em dinheiro vivo. E fazem ‘ouvidos moucos’ para o ‘pacto de sangue’ revelado pelo ex-ministro Antonio Palocci.
___________


___________
Entretanto, afora os envolvidos na roubalheira, a militância alucinada e esses incautos ideológicos, o Brasil não aceita a roubalheira perpetrada pelo PT, vê o meliante Lula como o comandante máximo da organização criminosa e quer Lula preso.

Em contrapartida, a maneira encontrada pelo PT para contra-atacar, é atacando a reputação dos ‘adversários’, dos procuradores, juízes e quem mais esteja trabalhando pelo estabelecimento da Justiça ou quem mais enxergue Lula como culpado e queira a sua prisão.

O mais novo e reluzente alvo é uma senhora que é funcionária do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), concursada há 24 anos,  Daniela Tagliari Kreling Lau, que atualmente exerce a função de chefe de gabinete do presidente do TRF-4.

Há pouco tempo, quando comandava o cerimonial do TRF-4, Daniela assinou uma petição on-line exigindo a prisão de Lula.

Ora, o livre exercício de um direito como cidadã.

Com base nisso, o PT, em situação de absoluto desespero com a iminente condenação de Lula, começou uma série de ataques rasteiros contra a moça.

Acusam Daniela de militar no tribunal pela prisão de Lula e de estar influenciando na decisão dos desembargadores da 8ª turma.

Um condenável e inaceitável absurdo, jogo baixo, chute na canela.

O PT é imundo!

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Amanda Acosta

Comentários

Notícias relacionadas