Fotos de Ritual satânico que matou duas crianças são divulgadas pela polícia do RS

Uma sala com cortinas azuis e vermelhas, uma estátua de lúcifer junto a um altar, uma bacia com sangue derramado, uma caveira humana e um pentagrama colocado no chão com escritos em vermelho (possivelmente feitos com sangue) e ossos espalhados (que podem ser humanos). Num outro canto, uma espécie de trono, com o crânio de um animal com um chapéu.  Um ambiente realmente diabólico.

Este era o local onde foram sacrificadas duas criança de nacionalidade argentina. O crime aconteceu na cidade de Gravataí (RS).

O registro das imagens foi realizado na ocasião em que os suspeitos foram presos. No período compreendido entre o Natal e o Ano Novo.




Pelo menos sete pessoas participaram do ritual, sendo que quatro delas já estão presas: Sílvio Fernandes Rodrigues, Jair da Silva, Andrei Jorge da Silva, Márcio Miranda Brustolin. Estão foragidos: Anderson da Silva, Paulo Ademir Norbert da Silva e Jorge Adrian Alves.

O ‘bruxo’ que comandava o ritual utilizava uma capa preta e a máscara de um lobisomem, era Sílvio, mas todos os participantes fizeram parte do ato em que as crianças foram sacrificadas.

O ‘ritual de prosperidade’ teria sido encomendado por Jair, que pagou a importância de R$ 25 mil ao bruxo.

Andrei, outro que está preso, é filho de Jair. Já Márcio, teria participado do ritual, como discípulo do bruxo.

Os sete devem ser indiciados por duplo homicídio - com possível agravante de tortura. 

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Foco RS