A perfeita definição do sujeito que defende com unhas e dentes o político

Se você gasta seu tempo defendendo político cegamente e atacando quem o critica, tenho uma notícia para você.

Você é trouxa.

E não, não importa se o partido dele é amarelo, vermelho, branco, azul ou cor de burro quando foge. Se lembra ave, mortadela, patriota ou os cambaus.

Você gasta seu tempo defendendo-o? Você é trouxa.

Primeiro: ele é um ser humano. Não é Deus, não é um "mito", não é seu "pai" ou "mãe", não é o "salvador da pátria", não é seu parente, nem seu amigo. Ele erra, faz bobagem, fala m... e tudo o mais.

Segundo: a chance dele seja apenas mais um pilantra vivendo às custas do seu dinheiro é enorme. Coisa de 99,99% de probabilidade.

E não, não importa se veio do Caixa 1, Caixa 2, se é tripléxis, imóvel na Barra, flat no Morumbi ou cobertura em Paris. Se está no papel, na lista da Odebrecht, no cartório ou na delegacia.

Foi obtido às custas do seu dinheiro. Você continua defendendo?

Você é trouxa.
___________


___________
Só há dois motivos para você apoiar - veja bem, apoiar, não sair por aí que nem um imbecil defendendo cegamente - um político e, mesmo assim, com o pé bastante atrás:

1. Você tem um ganho pessoal e constante com isto, como o assessor que vive de fundo partidário e gasta horas defendendo sua razão de sustento.

2. Ele afirma que irá trabalhar para reduzir as chances dos próximos viverem às custas do seu dinheiro.

Sendo o ponto 1 (utilitário e questionável) óbvio, cabe esclarecer o ponto 2: não basta promessinha feita alguns meses antes das eleições. Cartinha. Discursinho em meio de "pré-campanha". Tudo isto é muito fácil de fazer.

A trajetória dele tem que ser coerente com o que promete.

Diz que deseja reduzir o estado, mas passou décadas vivendo às custas dele e votando por mais estado? É um farsante.

Diz que deseja reduzir impostos, mas quando esteve no poder abriu as porteiras do estado para os amigos mamarem junto? É um pilantra.

Diz que deseja menos burocracia, mas a única coisa que fez com a caneta na mão foi aumentar as regulações estatais? É fake.

Não tem "mas", não tem "veja bem", não tem "ain você só está falando isto porque apoia x ou y".

O fato é um só: a não ser que você o faça por ganho pessoal ou haja uma real chance dele reduzir a interferência de políticos e burocratas na sua vida e no seu bolso, lastreada por uma trajetória de vida condizente, esta sua defesa cega de político só significa uma coisa.

Você é trouxa.

(Texto de Marcelo Faria. Empreendedor e presidente do Ilisp)

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política