Zahran, suspeito de receber propina de Amorim, dá as cartas na comunicação da prefeitura de CG

A prefeitura de Campo Grande (MS) foi verdadeiramente loteada pela atual gestão do prefeito Marquinhos Trad.

Tudo voltou aos tempos de outrora. Cada membro da organização tem o seu quinhão, como sempre foi nas gestões dos ex-prefeitos André Puccinelli e Nelsinho Trad, com um estrambólico ‘revivant’ no período do indecente Gilmar Olarte.

E a perversa lógica da distribuição dos ‘quinhões’ é a colocação de ‘raposas’ para tomarem conta de seus respectivos ‘galinheiros’.

Nesse sentido e seguindo essa metodologia, o empresário André Zahran, sócio da TV Morena, é quem atualmente comanda, dá as cartas e faz o que quer na área de comunicação da prefeitura.

A atual superintendente da pasta é quase uma incapaz e obedece meticulosamente às determinações de Zahran.

Parece ser essa a motivação que faz com que a afiliada da Rede Globo abdique do jornalismo para se colocar na linha de frente na defesa das peraltices e incompetência do prefeito.

Para quem não se lembra, esse mesmo Zahran é o que foi flagrado numa conversa com João Amorim, quando ao que tudo indica cobrava o recebimento de propina no rumoroso caso de corrupção desvendado pela Operação Lama Asfáltica. 

Veja o vídeo abaixo com uma parte das conversas havidas entre a dupla André e Amorim:


___________

___________

Lívia Martins

Articulista e repórter
[email protected]

Mais de Lívia Martins

Comentários

Notícias relacionadas

loading...