Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

O povo venezuelano agoniza. Onde estão os hipócritas defensores dos direitos humanos? (Veja o Vídeo)

A Venezuela está sofrendo uma dura e cruel repressão comunista. Onde estão os defensores do socialismo agora?

Onde estão os partidos políticos de esquerda, artistas e intelectuais brasileiros que apoiam o ditador Nicolas Maduro?

É triste ver nas redes sociais o massacre que o governo comunista venezuelano e suas milícias estão imprimindo ao sofrido povo daquele país.

Um povo oprimido e desarmado, que tenta a todo custo, enfrentar o poderoso aparato militar e paramilitar bolivariano. Com as mãos nuas e municiados apenas com pedras e pedaços de pau, cidadãos, de todas as idades, tentam reconquistar a tão desejada e frágil democracia.

O desarmamento da população de bem é uma condição necessária e básica para a instalação de um governo forte e totalitário. Maduro fez direitinho a sua tarefa de casa tirando toda e qualquer chance de defesa dos venezuelanos.

Para concretizar o seu projeto de poder, o ditador comunista, conta  com a orientação e apoio logístico do governo cubano, que acabou cedendo militares de sua tropa de elite, denominados "Vespas Negras", para  oprimir os movimentos populares, matando e torturando se preciso for, os rebeldes contrários ao atual governo vermelho.

A Venezuela grita por socorro e pede ajuda aos outros países pertencentes ao Mercosul. Não podemos nos acovardar e abandoná-la, algo precisa ser feito. Expulsá-la do bloco, sanções econômicas? Realmente, não sei.

Como podem tentar enganar a opinião pública brasileira dizendo que comunismo e democracia são sistemas de governo que podem conviver harmônica e pacificamente entre si?

É um absurdo o que professores,  intelectuais, artistas, políticos de esquerda estão tentando fazer em nosso país: apoiar a implantação de um sistema socialista semelhante ao venezuelano e cubano no Brasil. Exatamente o mesmo que tentaram fazer na década de 70 e que graças à Deus foi impedido pelas nossas FFAA. 

O Brasil tem sim, uma grande parcela de culpa no que está acontecendo hoje na Venezuela.

Os governos petistas, acompanhados de outros partidos de esquerda, como PSOL, REDE, PDT, PC do B, sempre apoiaram esse ditador irresponsável e suas maluquices.

O dinheiro desviado de nosso país, seja através de empresas envolvidas na Operação Lava-Jato, ou nas operações duvidosas de empréstimos realizados pelo BNDES, com certeza, serviram para equipar e aparelhar a eficiente máquina repressora bolivariana.

Tiros, pancadas com cassetete, socos e ponta pés, é o que vem recebendo a sofrida população daquele país. Já não se mata apenas de fome e angústia os seus cidadãos.

Onde estão os histéricos defensores dos direitos humanos, os estudantes, artistas e intelectuais que idolatram a "democracia cubana" em nosso país?

Tico Santa Cruz com seu ridículo boné com a estrela vermelha comunista, Chico Buarque de Holanda, Leticia Sabatela, a socióloga Marilena Chaui, onde estão vocês?

Não podemos nos esquecer da presidente da UNE, que recentemente foi à Venezuela para apoiar esse aloprado. Por que se cala frente ao massacre dos estudantes venezuelanos?

Que moral tem todos vocês para falarem da repressão que os terroristas brasileiros sofreram na contra revolução de 1964 pelas nossas FFAA?

A imprensa brasileira também está com a mão suja de sangue deste conflito.

Gasta-se minutos preciosos e intermináveis para denigrir a imagem de Donald Trump, enquanto relativiza-se e aborda de forma superficial e distorcida o conflito bolivariano que destrói aquele país. Ignora-se a opressão perversa, a tortura e os assassinatos que vem sofrendo seus irmãos de profissão venezuelanos.

Não tem como fugir, democracia não combina com comunismo de maneira alguma. A democracia inviabiliza toda e qualquer possibilidade de implantação de um sistema socialista em qualquer lugar do planeta.

Desinformação, submissão, alienação, subserviência são pré-requisitos básicos para a implantação e o "sucesso" desta ideologia.

Precisamos abrir os nossos olhos, o que está acontecendo hoje na Venezuela, poderá vir a acontecer em nosso país  se nada fizermos. Todos esses anos de governo de esquerda, prepararam o terreno para o plantio e a germinação desta maligna semente em nosso sagrado solo nacional.

Está na hora de darmos um basta neste movimento que tenta implantar o comunismo no continente sul americano, e em especial, em nosso amado Brasil.

O sonho de um continente inteiramente socialista, defendido pelos ideólogos do Foro de São Paulo, deverá ficar restrito apenas nas cabeças ocas e fantasiosas desses inúteis oportunistas de plantão.

Nós, cidadãos de bem deste país, não podemos permitir que transformem a nossa Pátria em uma nova Cuba. Devemos defender, com as nossas vidas, se necessário for, a liberdade de nossa Pátria e o futuro de nossas crianças.

Que Deus salve o nosso país deste triste destino. A eleição deste ano será decisiva para salvarmos a nossa democracia.

Abaixo veja o vídeo. O momento em que o opositor Oscar Perez e seu grupo são massacrados pelas tropas de Maduro. Eles queriam se entregar, mas o regime foi implacável. A esquerda está em festa.


___________

___________

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Mais de Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Comentários

Notícias relacionadas