Procurador não irá pedir a prisão de Lula

O Ministério Público Federal acaba de enviar 'Nota de Esclarecimento' ao Jornal da Cidade Online, comunicando que o procurador Maurício Gerum não pedirá a prisão do réu Luiz Inácio Lula da Silva, em caso de confirmação da sentença do juiz Sérgio Moro, que o condenou a nove anos e meio de prisão.

Veja abaixo o conteúdo da nota:

Nota de esclarecimento relativa à ação penal 5046512-94.2016.4.04.7000
Em relação às matérias que estão sendo divulgadas pela imprensa sobre suposto pedido de prisão antecipada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Ministério Público Federal esclarece que o procurador regional da República Mauricio Gotardo Gerum não formalizou, e não vê razões para formalizar, qualquer pedido em relação à prisão cautelar do ex-presidente, que é um dos réus que será julgado no próximo dia 24 de janeiro, pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região na ação penal 5046512-94.2016.4.04.7000.
Gerum esclarece ainda que, em caso de condenação dos réus da referida ação penal, qualquer medida relativa ao cumprimento de pena seguirá o normal andamento da execução penal, não havendo razões para precipitá-la.
Assessoria de Comunicação
Ministério Público Federal na 4ª Região
Noutras palavras, Lula está com o caminho livre para embarcar para a Etiópia.

É de se lamentar.

___________


___________

___________

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça