Pausa para o almoço: 1 a 0 para o Brasil contra Lula e o PT

O voto do desembargador João Pedro Gebran Neto, relator da 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região no recurso do ex-presidente Lula contra a sentença condenatória do juiz Sérgio Moro, começa a confirmar a decisão de 1º grau.

Enfrentando todos os pontos alegados no recurso proposto pela defesa, o relator foi categórico em seu voto.

Gebran Neto disse ser “cristalina” a influência de Lula na nomeação de diretores da Petrobras com a missão de arrecadar recursos para os partidos, em especial para o PT.

O voto foi fulminante e confirmou ponto a ponto a sentença do juiz Sérgio Moro.

As reformas no triplex foram feitas como parte de propina destinada ao meliante petista, entendeu o relator.

Aguardemos os próximos votos.

___________


___________

___________

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça