Cristiano Zanin, rico, desmoralizado e com um ponto final em seu maior sonho

Em todo esse processo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, uma figura, até então completamente desconhecida, conseguiu se sobressair.

Cris ficou famoso. Às avessas, mas ficou famoso.

Nos meios jurídicos virou motivo de chacota. É tido e havido como um ‘almofadinha’, metido e arrogante.

Ninguém suporta o cidadão.

De qualquer forma, Cris, além da fama às avessas, ganhou muito dinheiro, ficou infinitamente mais rico com o fiel patrocínio da defesa do meliante petista.

Cris lutou e brigou e, não fosse suas notáveis limitações jurídicas, poderia ter tido um melhor êxito.

Nesta quarta-feira (24), depois de incontáveis derrotas para o juiz Sérgio Moro em todas as instâncias, Cris praticamente recebeu o tiro de misericórdia, que mais do que a própria ação, representou a perda de seu grande sonho.

Lula, uma vez novamente presidente, tinha um único compromisso com o seu advogado. Ele faria de Cris ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Esse sonhou acabou.

Tchau Cris!

___________


___________

___________

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política