Direito de Resposta da Cassems

Nota de Esclarecimento Cassems

Diante das denúncias apresentadas na manhã desta quinta-feira (25), após deflagração da Operação Again, pela Polícia Federal, e a presença de policiais nas dependências dos Hospitais Cassems de Campo Grande e Dourados, a Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul) informa que o alvo das investigações não são as unidades hospitalares.

A investigação tem foco em empresa terceirizada de hemodinâmica, que realiza específicos exames cardiológicos de alta precisão. A empresa, alvo da operação, presta serviços para as unidades hospitalares da Cassems localizadas em Campo Grande e Dourados.

Reforçamos que os protocolos seguidos pelas unidades hospitalares da Cassems são rigorosos no controle da qualidade dos serviços prestados aos seus beneficiários, e a Caixa de Assistência não admitirá, sob nenhuma hipótese, quaisquer irregularidades cometidas por prestadores terceirizados.

Diante das denúncias divulgadas nesta manhã pela Polícia Federal, a Caixa de Assistência dos Servidores informa que tomará as medidas administrativas cabíveis ao caso, incluindo o afastamento imediato do médico investigado.

Por fim, destacamos que a Cassems, é o primeiro Plano de saúde do Brasil a instituir a governança aberta, por meio de um portal da transparência, tem o compromisso ético com os seus beneficiários e com a sociedade de zelar pela transparência e, por isso, naquilo que lhe compete, contribuirá com a Polícia Federal em todo o processo investigativo.

Ricardo Ayache
Presidente da Cassems

___________


___________

___________

da Redação

Comentários

Mais em Foco MS