Gleisi, a rainha do “Fake News”, irresponsabilidade e mentiras

A senadora Gleisi Hoffmann propaga postagens na internet da mesma maneira que desempenha o seu medíocre mandato parlamentar, com absoluta irresponsabilidade, sem qualquer compromisso com a verdade, objetivando tão somente os seus interesses pessoais.

Somente neste mês de janeiro, pelo menos duas ‘fake news’ foram largamente repercutidas pela petista.

A primeira foi hilariante. Uma faixa num estádio da Alemanha com os dizeres ‘Forza Luca’, homenageava um torcedor italiano, em estado de coma, vítima de violenta agressão numa partida de futebol. A foto da tal faixa foi sabotada, ‘Forza Luca’ virou ‘Forza Lula’ e Gleisi divulgou como se fosse um apoio internacional ao meliante petista, na véspera de seu julgamento.

Veja abaixo:

Desta feita, a trêfega senadora divulgou em seu Twitter que o ‘presidente’ da ONU, Antonio Guterrez, classificou como atitude ditatorial a apreensão do passaporte de Lula.

Veja a postagem:

Pois é, outra mentira, já desmentida pela própria ONU, que esclareceu o caráter diplomático da entidade e ainda ‘corrigiu’ a nomenclatura utilizada no ‘fake news’ de Gleisi, esclarecendo que na hierarquia da ONU não existe o cargo de ‘presidente’, mas sim ‘secretário-geral’. 

___________


___________

___________

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política