Rose poupa Lula, mas arrola um ex-ministro e um deputado como testemunhas

A famosa ex-chefe de gabinete da Presidência em São Paulo, Rosemary Noronha, ligadíssima ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, já selecionou suas testemunhas de defesa no processo criminal que responde por associação criminosa, tráfico de influência e corrupção.

Rose poupou Lula.

O processo é desdobramento da Operação Porto Seguro, que desbaratou no final de 2012 um esquema de venda de pareceres técnicos do governo federal.

Os advogados de Rose são considerados um dos mais caros de São Paulo, detentores de uma seleta e abonada clientela, que inclui, entre outros, o endinheirado médico Roberto Kalil Filho.

Está escalado para testemunhar em defesa de Rose o ex-ministro da Previdência Carlos Gabas, que no ministério teve como um de seus maiores feitos levar Dilma para passear em sua possante moto.

A outra testemunha é o deputado José Guimarães, famoso pelo episódio dos dólares na cueca e irmão do mensaleiro José Genoíno.

Nesse compasso, tudo indica que Rose terá um destino semelhante ao do velho, estimado e inesquecível amigo Lula.

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça