Faxineiro que achou 10 mil dólares e devolveu ao dono, foi aconselhado por Lula a ser desonesto (Veja o Vídeo)

Lula é uma pessoa infame, com traços de perversidade e psicopatia. Não é um sujeito normal. É desonesto por natureza.

O faxineiro Francisco Bazílio Cavalcante em março de 2004 ganhava R$ 370 mensais, quando encontrou uma maleta com mais de US$ 10 mil, equivalentes, à época, a R$ 30 mil, esquecida em um banheiro.

Francisco não hesitou. Usou o sistema de som do saguão para anunciar o achado. Momentos depois, o dono do dinheiro, um turista suíço, apareceu.

O servente virou celebridade. Exemplo a ser seguido. Foi apresentado ao país como alguém que andava preocupado por não ter R$ 28 para quitar a conta de luz, mas, ainda assim, retornou a mala cheia de dólares ao proprietário. “Não quero nada que não seja meu”, justificou.

Apareceu na tevê, deu entrevistas a rádios e realizou um de seus maiores desejos: conhecer pessoalmente o então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, nordestino como ele.

Lula o recebeu no Palácio do Planalto. Educado, Francisco levou uma caneta para presenteá-lo.

Na visita ao ‘ídolo’ recebeu um conselho inusitado.

Lula conclamou a ‘desonestidade’ e zombou do homem simples.

Veja o vídeo e confira:


da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Sociedade