Filho mais velho de Fidel comete suicídio

A depressão profunda causou o suicídio de ‘Fidelito’, como era conhecido Fidel Castro Díaz-Balart, o filho mais velho do ex-ditador cubano Fidel Castro.

Fidelito, de 68 anos de idade, foi o único filho nascido do casamento de Fidel com Mirta Diaz-Balart.

Graduou-se em física na ex-União Soviética, atualmente exercia os cargos de Assessor Científico de Conselho de Estado e Vice-presidente da Academia de Ciência de Cuba.

Considera-se que Fidelito é um dos inúmeros filhos que Fidel gerou com múltiplas mulheres.

Os problemas psicológicos de Fidelito tiveram início quando Fidel ainda era vivo.

Durante um período ele foi chefe do programa de energia nuclear de Cuba, mas foi demitido pelo próprio pai.

"Não houve renúncia", disse Fidel na época. "Ele foi demitido por incompetência. Nós não temos uma monarquia aqui.”





da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional