HC de Lula ficou acertado em reunião entre Haddad e FHC, onde negociaram a liberdade de Lula

O pedido de Habeas Corpus em favor do ex-presidente Lula, é parte de um pacto firmado entre o próprio Lula e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

FHC teve uma longa reunião com o ex-prefeito Fernando Haddad na madrugada de quarta (31) para quinta-feira (1º), conforme noticiou o Jornal da Cidade Online (Veja Aqui), onde o acordo foi fechado. Haddad representava Lula. 

A rigor, o Habeas Corpus de Lula é incabível juridicamente. Não poderia ser impetrado no Supremo Tribunal Federal (STF). Há evidente supressão de instância na sua propositura.

Ora, um outro Habeas Corpus foi proposto junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ainda não teve o seu mérito analisado, portanto, de acordo com a súmula 691, um novo pedido numa outra corte não tem qualquer respaldo jurídico. É absolutamente ilegal.

Entretanto, tudo segue a combinação havida entre FHC e Haddad. Dane-se a ordem jurídica. 

O tucano vai trabalhar os ministros sobre os quais tem influência e a contrapartida de Lula será a desistência de sua candidatura presidencial.

Esse é o plano. Esse é o acordo. Esse é o golpe.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política