Defesa de Cabral só esperava o retorno de Gilmar

Quando o juiz Sérgio Moro determinou que Sérgio Cabral Filho fosse transferido do Rio de Janeiro para o Complexo Penitenciário de Pinhais em Curitiba, a defesa do ex-governador estranhamente permaneceu silente e não ingressou com nenhum tipo de recurso para inverter a decisão.

Muito estranho, não acham?

Entretanto, logo no primeiro dia útil do ano judiciário, o tal recurso foi impetrado e, por dependência, caiu nas mãos do todo poderoso Gilmar Ferreira Mendes.

Está portanto, explicada a demora da defesa, aguardava Gilmar retornar de suas férias, que, diga-se de passagem, foram repletas de vaias.

Antes, cairia no plantão, nas mãos da ministra Carmen Lúcia. Não quiseram arriscar.

Alguém é capaz de adivinhar qual será a decisão de Gilmar?

Será que as vaias vão fazer algum efeito?

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça