A comunhão sem confissão

Uma cena hipócrita.

O réu condenado Luiz Inácio Lula da Silva recebendo a eucaristia.

Tal fato aconteceu neste sábado (3) em São Bernardo do Campo, na missa de um ano de falecimento de dona Marisa Letícia Lula da Silva, a mulher com quem Lula conviveu mais de 40 anos e a quem atribuiu tudo aquilo que ele não teve como explicar, na tentativa de se safar de crimes que cometeu.

Não conseguiu.

Lula foi condenado em primeira instância, teve sua pena aumentada em 2ª instância e está na iminência de ser preso. Isto em apenas um processo, entre os inúmeros que responde.

Mesmo assim, o meliante recebeu a eucaristia, como se tivesse confessado todos os seus pecados, como se fosse um homem puro.

Não confessou.

E não o fez por um simples motivo: os pecados de Lula são inconfessáveis.

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Otto Dantas

Comentários

Notícias relacionadas