Novo presidente do TSE detona candidatura de Lula em seu primeiro discurso

O objetivo da nova gestão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), empossada nesta terça-feira (6) e que tem como novo presidente o ministro Luiz Fux é prestigiar a Lei da Ficha Limpa.

“Estou preparando as eleições para que essa festa democrática não tenha a participação de nenhum candidato ficha-suja. Nós vamos prestigiar sobremodo a Lei da Ficha Limpa”, garantiu Fux.
A declaração joga um ‘balde de água fria’ na militância petista, que ainda sonhava e ver Lula como candidato.

O Tribunal Superior Eleitoral não vai permitir que um candidato a presidente da República seja eleito sub judice. É o entendimento da corte e assim será no ‘Caso Lula’.

A meta é não permitir que nenhum ‘ficha suja’ dispute o pleito, inclusive e principalmente o ex-presidente Lula.

Fux ainda garantiu que Lula não conseguirá sequer registrar sua candidatura, como vinham afirmando alguns parlamentares petistas.

"Ele é irregistrável. Ele não pode oferecer registro de candidatura. Essa é a percepção que nós temos", afirmou categoricamente o novo presidente do TSE.
É bom que o PT coloque em prática o plano "B", pois eleição com Lula é fraude.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça