PF age rapidamente e impede fuga de deputado para o Paraguai

Uma ação extremamente ágil da Polícia Federal impediu que o deputado João Rodrigues - há poucos dias condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), por fraude em uma licitação, quando prefeito de Pinhalzinho (SC) - empreendesse fuga para o Paraguai.

A Polícia Federal detectou que o condenado, que estava nos Estados Unidos, havia feito uma mudança no destino em sua passagem de retorno, alterando de São Paulo para Assunção.

Imediatamente, a PFconseguiu uma ordem no STF para que a Interpol fosse acionada.

Em Miami, quando se preparava para embarcar para o Paraguai, João Rodrigues recebeu a ordem de prisão da polícia internacional.

Foi colocado preso num outro voo para São Paulo e ao desembarcar na manhã desta quinta-feira (8) foi recepcionado pela PF.

Parabéns à PF.

Veja o vídeo com as alegações do deputado:


da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça