Implacável, Gilmar solta mais um... E o próximo pode ser Cabral

O ministro Gilmar Mendes acaba de determinar a soltura do ex-secretário de saúde do Rio de Janeiro na nefasta gestão de Sérgio Cabral Filho, o médico Sérgio Cortês.

O ex-secretário foi beneficiado por uma extensão do habeas corpus dado em dezembro ao empresário do setor de saúde Miguel Iskin.

Na decisão, o ministro trata os fundamentos dados para a prisão preventiva como "inidôneos", sustentando que não há a "indicação de elementos concretos, os quais, no momento da decretação, fossem imediatamente incidentes a ponto de ensejar o decreto cautelar".

A soltura de Cortês é um forte prenúncio de que o próximo da fila seja o ex-governador Sérgio Cabral.

Aliás, Gilmar tem em mãos um requerimento da defesa de Cabral, que poderá ser utilizado como instrumento para a sua soltura, conforme explicitou em brilhante artigo publicado no Jornal da Cidade Online, o jurista Jorge Béja.



da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça