Stédile, o fora da lei, convoca em vão a esquerda para apoiar Maduro

O líder do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), hoje na realidade uma verdadeira facção criminosa, onde tem de tudo, menos trabalhador rural, João Pedro Stédile, na contramão do sofrimento do povo venezuelano, está convocando a esquerda brasileira para apoiar o ditador Nicolas Maduro.

A voz de Stédile, hoje sem o dinheiro fácil para recrutar seguidores, não ecoa.

O MST está raquítico, sem nenhuma força.

O tal exército de Stédile, proclamado por Lula, não existe mais...

Sua liderança era um grande engodo.



da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política