PT já discute esquema de mobilização para o caso de prisão de Lula

O PT começa a entrar na realidade e visualizar estratégias a serem adotadas para o caso da prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Na cúpula ninguém mais fala em aventuras de destruição de patrimônio público ou de impedir que a Polícia Federal cumpra o eventual mandado de prisão.

Por outro lado, os petistas mais graduados sabem que será impossível fazer e manter grandes mobilizações.

A tática mais plausível, discutem os petistas, será um esquema de rodízio na vigília em frente ao presídio onde Lula deverá ficar preso, certamente o Complexo médico-penal de Pinhais, em Curitiba.

Com a aproximação do momento fatídico, a turma começou a cair na real.



da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política