MST tenta impedir o funcionamento da Havan em Chapecó e PM intervém (Veja o vídeo)

O exército de Stédile colocou cadeados e travas para impedir o funcionamento da loja

O dono da rede de lojas Havan, Luciano Hang, que no dia seguinte à condenação de Lula pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) promoveu, na cidade de Brusque (SC), uma extraordinária queima de fogos em comemoração, virou mesmo inimigo do PT e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Nesta segunda-feira (19) uma pequena multidão de militantes do propalado ‘exército de Stédile’ foi até a frente de uma das lojas da Havan em Chapecó (SC) e tentou impedir o seu funcionamento, travando e amarrando as portas e fazendo tumulto na frente da loja.

A Polícia Militar foi chamada, garantiu a abertura e o funcionamento normal do estabelecimento e na sequência dissipou os ‘desocupados’, que gritavam despropositadas palavras de ordem.

Veja o vídeo:

Luciano Hang, o dono da Havan, não se intimidou.

Tão logo o problema foi resolvido, gravou um bem humorado vídeo, oferecendo aos manifestantes ‘pão com mortadela’ e ‘carteira de trabalho’.

Veja abaixo:




da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades