General dá aula de como deve ser a intervenção no Rio de Janeiro (Veja o Vídeo)

O general de reserva Augusto Heleno, que foi comandante militar na Amazônia e o primeiro comandante da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti, questionado sobre a intervenção militar no Rio de Janeiro, foi enfático e fez afirmações extremamente duras e contundentes.

Trata-se de um militar experiente em áreas de conflito e que sabe perfeitamente como deve ser a ação em situações como a do Rio.

Augusto Heleno acha fundamental que o exército tenha poder de polícia e segurança jurídica.

‘Um sujeito armado de fuzil, assaltando, roubando carga, ele passa a ser um alvo e, a partir dai, eu posso eliminá-lo’.
‘Não podemos mais aceitar indivíduos andando com armas de guerra no meio da rua, ostentando essas armas e debochando do poder público’.
Abaixo veja o vídeo com as principais declarações do experimentado general:




da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça