Temer pretendia criar imposto para financiar segurança pública

O presidente da Câmara Federal parece ensaiar uma rota de colisão com Michel Temer.

Rodrigo Maia acaba de entregar Temer e revelar que o presidente da República chegou a sugerir um imposto exclusivo para financiar a segurança pública.

A informação publicada por Andrea Sadi do G1 ainda transcreve o relato da conversa havida entre Maia e Temer, segundo o deputado:

 "O presidente disse: Rodrigo, que tal pensarmos em um imposto só para a segurança pública? Eu disse: presidente, é inviável. O decreto inviabiliza proposta de emenda à Constituição".
Que raios de constitucionalista, com livros publicados, é Michel Temer?

Maia afirmou ainda ser contra aumentar impostos e disse que, se o governo quiser, terá de fazer por decisão do Executivo, sem passar pelo Legislativo.

"O governo que corte ministérios e reduza despesas públicas. Querem dinheiro para financiar o caos na segurança pública, mas não sabem o que fazer. Eles têm, por exemplo, dentro do IOF espaço para mexer em alíquota. Só estou dando um exemplo. Porque não é no Congresso que eles vão resolver isso, é uma decisão do Executivo", afirmou Maia.


da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política