Lulismo, o enigma desvendado

A resposta ao enigma Lula está na própria vida do personagem, com uma ascensão social, aparentemente surpreendente e incrível.

Um menino retirante da seca do Nordeste, acompanhando sua mãe abandonada pelo marido, que não completou a educação básica, vai ascendendo na vida, alcançando o posto mais importante da nação: o de Presidente da República.

É reeleito, considerado por alguns como o melhor Presidente da História Brasileira e ainda o principal líder político, com potencial de voltar ao cargo, sufragado pelo povo.

O seu projeto de nação é dar a todos oportunidade e condições para que possa repetir igual trajetória.

Lulismo é ascensão social e se confunde com a sua vida pessoal.

Esse é o motivo principal - talvez o único - que gera a atração do povo por ele. Ele é aquele que conseguiu o que todo mundo quer. Mesmo saindo de baixo, ou abaixo do baixo.

É um mito vivo. Como mito é construído pelo imaginário popular que só vê o lado claro ou desejável. E rejeita o lado escuro da personagem.

O homem tem o seu lado escuro. O mito não.



Jorge Hori

Articulista

Siga-nos no Twitter!

Mais de Jorge Hori

Comentários

Notícias relacionadas