Temer escolhe Jungmann para comandar a Segurança Pública e esvazia o Ministério da Justiça

Deverá ser anunciado nesta segunda-feira (26) o nome do atual ministro da defesa, Raul Jungmann, como titular do novo ministério da Segurança Pública.

A decisão foi tomada neste domingo (25) e a nova pasta será criada por Medida Provisória.

Para a Defesa, pasta até então ocupada por Jungmann, vai assumir o general Joaquim Silva e Luna.

Ele foi chefe do Estado Maior do Exército e é general do Exército da reserva.

A nova pasta será responsável pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Departamento Penitenciário Nacional e  Secretaria de Segurança Pública, hoje vinculadas ao Ministério da Justiça.

A reunião que definiu as novas medidas não teve sequer a participação de Torquato Jardim, o ministro da Justiça, que, pelo visto, está sendo colocado literalmente 'na geladeira'.




Fonte: Estadão

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política