No auge da popularidade e sem Lava Jato, Lula confessava crimes com tranquilidade (Veja o Vídeo)

A bem da verdade, em meio a sua autossuficiência e extrema vaidade, beirando a psicopatia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nunca imaginou que pudesse um dia ser alvo de algum tipo de investigação, muito menos de uma verdadeira devassa em todos os seus malfeitos, como ora acontece com a Operação Lava Jato.

Nunca passou pela cabeça de Lula que um dia fosse ter que se submeter ao crivo de um juiz federal de 1ª instância, que fosse ser desmoralizado por jovens procuradores da República e que tivesse sua pena aumentada por um tribunal de 2ª instância.

A tranquilidade de Lula dava origem a um sujeito infame, irresponsável e que sempre teve a certeza da absoluta impunidade.

Aliás, a psicopatia não permitia que Lula admitisse que os seus crimes fossem realmente crimes e o fazia pensar que suas insanas mentiras fossem verdades. É um caso gravíssimo.

No auge de sua popularidade, Lula confessava práticas criminosas, sem qualquer problema e sem ser molestado por quem quer que seja.

No vídeo abaixo ele confessa o acerto antecipado da obra do estádio do Corinthians com a Construtora Odebrecht, o início dos trabalhos sem licitação e, de quebra, ainda agradece aos seus amigos e parceiros, Emílio Odebrecht e Marcelo Odebrecht.

Veja vídeo:




da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política