Mãe é suspeita de estupro de menina de 9 anos e pai e vereador é preso por omissão

A investigação teve início em outubro de 2017, após a criança de 9 anos relatar na escola à professora situações que aconteciam entre ela e a mãe, o que caracterizava nitidamente a prática de abuso sexual.

O pai, vereador e produtor rural em Hidrolândia (GO), pessoa extremamente conhecida, foi preso por omissão. De acordo com as investigações, ele tinha conhecimento dos fatos, mas não se manifestava e permitia os abusos da mãe contra a filha.

A população da pequena cidade de pouco mais de 17 mil habitantes está chocada.

O parlamentar foi preso na última segunda-feira (26), em cumprimento de um mandado de prisão preventiva, emitido pela justiça da cidade. A mulher dele, mãe da criança, está foragida.

‘Em dez anos de polícia não tinha visto algo parecido, menina sendo abusada pela mãe com a omissão do pai. Ele tem a obrigação de impedir e não o fez. Por isso, também foi indiciado por estupro de vulnerável’, disse o delegado Diogo Rincón, responsável pelo caso.
O laudo psicológico constatou que a menina apresenta traumas psicológicos. A criança está completamente perturbada.

A polícia segue no encalço da mãe foragida.

A criança foi entregue provisoriamente aos avós paternos.




A imagem utilizada na matéria é meramente ilustrativa

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Policia