Pedro Lagomarcino

Advogado em Porto Alegre (RS)

A Câmara das Lhamas brasileiras

Há aproximadamente 1 (um) ano, o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados tomou sua mais deplorável decisão: apenas aplicou uma pífia advertência ao Deputado Jean Wyllys, quando deveria sim, era autorizar que este fosse processado e cassado, por quebra de decoro ParlamenTar, ao cuspir no Deputado Jair Bolsonaro.

Objetivamente, uma decisão bizarra.

Isso é o que ocorre quando é dado poder a um Conselho de Ética, destaco, que não tem ética nenhuma para tanto.

Fico imaginando se o mesmo ocorresse no EUA, na França, no Canadá, da Inglaterra, na Suécia, ou na Suíça, como procederiam os respectivos parlamentos.

Digo, é melhor nem querer imaginar, dada a vergonha que tenho, como cidadão brasileiro de bem, do que o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados decidiu.

Certamente, a pífia decisão de advertência, rendeu a Jean Wyllys o efeito da absolvição e transformou, por via oblíqua, todos os Deputados em pares de uma Lhama brasileira, bem como a própria Câmara dos Deputados, em uma Câmara de Lhamas, na medida em que o ser que era de ter sido cassado, segue normalmente com mandato, como se nada tivesse ocorrido, inclusive com direito a propor, falar, apartar, votar e cuspir.

Pior, com tal decisão, todos quadrúpedes que queiram cuspir em tal recinto, se sentirão até mesmo estimulados, não bastasse o determinismo notório que se percebe em muitos, a ponto de se negar a Lei da evolução das espécies, de modo a fazer de Darwin, um ilustre desconhecido.

Quando aquilo que nos destrói é aceitado como uma incorporação que nos enriquece; quando a totalidade abre mão de se impor, a bem de rejeitar o que a unidade PraTica como destoante e se tem por condenável; isso é o que ocorre quando se decide igualar o nível por baixo, o que seja, a aceitação do que se compreende como PedesTre.

Em síntese, o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados que, por suPuesTo, não tem ética nenhuma, igualou a todos ao mesmo nível.

Em síntese, todos se tornaram Lhamas e a própria Câmara também.

Portanto, de direito, lógico que existe a Câmara dos Deputados, conforme consta na Constituição da República Federativa do Brasil. Mas, de fato, o que realmente existe é uma Câmara de Lhamas Brasileiras.




Pedro Lagomarcino

Advogado em Porto Alegre (RS)

Siga-nos no Twitter!

Mais de Pedro Lagomarcino

Comentários

Notícias relacionadas