O governo quer "silenciar" as redes sociais: Censura Não (Veja o Vídeo)

Sob o pretexto de combater as supostas "Fake News", o governo está querendo censurar as redes sociais.

Como bem demonstra a matéria do portal The Intercept, do jornalista Glenn Greenwald, este projeto teria como objetivo secundário uma perigosa e ampla censura de todas as mídias sociais.

A nossa liberdade de expressão nunca esteve tão ameaçada:

" ...aponta que os projetos para combater as notícias falsas na internet, as chamadas fake news, ocultam uma tentativa de censura com poder para atingir "postagens em mídias sociais e também sites inteiramente dedicados a tratar de política"; "Que se esteja agora considerando ressuscitar essa lei de censura do período ditatorial para regular e censurar a expressão política contemporânea na internet, em nome do combate às "fake news", é profundamente simbólico do caráter tirânico e perigoso das investidas do governo nesse sentido"...
As redes sociais têm sido uma arma poderosa e eficaz no combate aos atos ilícitos e aos desmandos cometidos em nosso país.

Tirar o nosso direito de livre expressão na internet é uma atitude inadmissível, digna de países autoritários como Cuba, China e Coréia do Norte. 

Não podemos de forma alguma aceitar essa postura autoritária e antidemocrática. Quem é o governo para achar que um pequeno grupo de "experts" tem o direito de fazer uma pré -análise do que é bom ou ruim para ser postado na internet. A pergunta que não quer calar: Bom pra quem?

Veja o vídeo:




Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Siga-nos no Twitter!

Mais de Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Comentários

Notícias relacionadas