Preso, Picciani se desespera com o avanço da Justiça sobre o seu patrimônio

O ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Jorge Picciani, segue o mesmo caminho do ex-governador Sérgio Cabral Filho.

Perdeu a liberdade e começa a perder a fortuna amealhada de maneira suspeita.

Nesta quinta-feira (8) a Justiça bloqueou R$ 4 milhões em bens de Picciani.

O bloqueio foi requerido pelo Gaecc, o Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção do Ministério Público do Rio de Janeiro.

Essa parece ser apenas a primeira investida contra o patrimônio do político do MDB.

Doravante, o cerco vai aumentar.

Esse tipo de castigo para o criminoso do colarinho branco é muito mais dolorido do que a própria prisão.




da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política