Ciro diz que “dói muito” a prisão de Lula, mas não fala mais em “sequestrá-lo"

A valentia de Ciro Gomes acabou.

Aquela história de sequestrar Lula para impedir que ele fosse preso, era pura conversa fiada, papo furado, blefe, enganação.

Presentemente, quando se aproxima o momento da prisão, quando esta parece ser inevitável, a conversa do fanfarrão mudou de tom, agora a retórica é outra, completamente diferente.

Questionado sobre a prisão de Lula, Ciro lastimou:

‘Me dói muito o coração imaginar a prisão de Lula’.
Deu até dó do Ciro, um sujeito que não merece ser levado a sério.

De qualquer forma, esses dois comportamentos dão a exata demonstração do tipo de homem e do tipo de candidato que Ciro Gomes representa.

Bom de gogó, sem palavra e sem credibilidade.




da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política