Trump tem reação diplomática e elegante e aceita encontro com Kim Jong-un

A delegação da Coréia do Sul que esteve nesta quinta-feira (8) com o presidente dos Estados Unidos Donald Trump, durante o pronunciamento do chefe do escritório presidencial sul-coreano de Segurança Nacional, informou que no encontro histórico havido entre os líderes das duas Coreias, o ditador norte-coreano se comprometeu a parar os testes nucleares e de mísseis, para iniciar uma negociação com os americanos.

Os sul-coreanos também foram portadores de uma carta do ditador da Coréia do Norte, Kim Jong-un, dirigida ao presidente americano, onde ele externava sua ânsia em conhecer Trump ‘o mais rápido possível’.

Trump teve uma reação extremamente diplomática e elegante, confirmando que aceitava o convite de Kim Jon-um e que o encontro deve acontecer em maio.

Sem dúvida, essa reviravolta é uma grande conquista da diplomacia mundial.




da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional