15 milhões de propina para o ‘conselheiro’ de Lula

O ex-ministro da Fazenda Delfin Neto foi uma figura que se aproximou muito do petista Luiz Inácio Lula da Silva.

Não raras vezes Lula buscava o afago e os aconselhamentos de Delfin.

Tornaram-se grandes amigos.

Hoje se vê que, de acordo com a Lava Jato, os afagos eram recíprocos.

Lula retribuía com propina.

Foram R$ 15 milhões no esquema da Usina de Belo Monte.

Disso tudo, uma conclusão dramática: a expansão do ‘Petrolão’, que a essa altura, já rompeu os limites da Petrobras e irrompeu em outros esquemas de corrupção e propina.

O PT é sem limites. O PT é irracional...




da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política