Noeli de Carvalho e Silva

Editora - Jornalista e Produtora de Moda - Poetisa - Escritora de Fábulas, Contos, Estórias e Poemas Infantis.

Gramado: Uma cidade apaixonante e encantadora - Parte II

Já fui muito chegada à viagens mais extensivas de avião, apesar de hoje em dia, isso não seja o caso. Vencendo a minha resistência, curti, de forma moderada, os aeroportos onde fizemos paradas até chegarmos ao nosso destino, que era Gramado - RS.

Antes de embarcar, nós paramos para tirar algumas fotos no Aeroporto Internacional de Salvador (SSA), Deputado Luís Eduardo Magalhães.

Para viajar, essa jornalista optou por uma camisa de um ombro só em tom de caramelo, calça jeans rasgada, cinto na mesma cor da camisa, sapato com salto grosso jeans e bolsa jeans com borboletas e alça construtivista colorida.

 

Iana apostou em uma saia midi de renda preta, camisa preta minimalista com sobreposição transparente com flores bordadas e sapato alto com salto grosso.

 

 

Vitória usou uma camisa estilo cigana de abacaxi em verde turquesa, calça preta, salto tratorado preto e casaco preto com estampa de abacaxi.

 

 

Noeli, Iana e Vitória se juntaram e tiraram essa foto super sorridente e animadas para embarcar logo.

 

  Selfie de nós três juntas.

 Iana e papai Cosme, sempre muito estilosos. 

 Gabriel usou um look esportivo: calça jeans escura, camisa branca, casaco xadrez em preto e branco e tênis preto.

 Já dentro do avião ficamos, os seis, um do lado do outro. 


Depois de 1h 55min de voo, pousamos em Brasília, para esperar o voo para Porto Alegre. 

Apesar de cansadas, essa jornalista e Iana continuaram muito elegantes, não acham?

Apesar de atrasar meia-hora, o voo de Brasilia para Porto Alegre, que teve duração de 2h 35m, foi bem tranquilo.

 Logo ao chegarmos no Aeroporto Internacional Salgado Filho, nos deparamos com um casal de gaúchos super tradicionais e vestidos à caráter. 

Do Aeroporto, pegamos um ônibus com a equipe da CVC/Turistur, que trabalha com guias locais muito gentis e atenciosos, que nos conduziram à Gramado.

 A viagem durou cerca de 1h 45m. A distância de Porto Alegre para Gramado é aproximadamente 120km.

Ao chegar em Gramado, nos deparamos com esta linda construção escrito "Bem-vindos a Gramado"

Dona de uma beleza europeia que surpreende quem a visita, em plena Serra Gaúcha, Gramado cercada de tantas hortênsias é um cartão de visitas a céu aberto, que enche os olhos e os sentidos, que atentos, se encantam ao conhecer às suas belezas.

Situada a 830 metros acima do nível do mar, esta cidade tem muito a oferecer aos turistas, que nela chegam ávidos pelas belezas coloniais, que lhe são peculiares. Embora a tenhamos visitado em pleno Verão, pegamos e passamos pelas suas diferentes temperaturas: mais quente durante o dia ensolarado e em torno de 15º graus à noite, num friozinho gostoso para dormir, embaixo de cobertas e edredom bem posicionado.

Como já era de se esperar fizemos em família vários city tours (passeios) para desfrutar do seu potencial turístico charmoso e acolhedor.

Filamos para começar muito em instalados no hotel Kehl Haus em estilo colonial que possui apartamentos amplos e bem decorados.

O café da manhã é variado e mais se parece com um café colonial.

Cheio de tortas, geleias e guloseimas que fazem parte deste importante e apetitoso prazer gastronômico.

 

Como uma gaúcha que já vive fora dos pampas há muitos anos, incorporei por conta do "friozinho" o uso de meião por baixo das calças, casacos mais quentes, polainas e luvas para aquecer as minhas mãos que ficaram geladas durante os passeios.

A vista da janela do hotel era simplesmente deslumbrante.

 Logo ao chegarmos, deixaram um belo presentinho para nós: chocolate!

 

No corredor do Hotel: 

 

 No primeiro dia, fomos dar um passeio pelas redondezas do Hotel.

Iana optou por uma calça jeans escura, moletom cinza brilhante, bolsa preta com brilhos e sapato brilhante.

Já essa jornalista Noeli, apostou em uma calça jeans com bordados de rosas, camisa branca minimalista, jaqueta jeans com mangas de couro, bolsa jeans com borboletas coloridas e tênis preto.

 Muito sorridente na frente do Hotel.

 O local só inspirava sorrisos!

 Vitória preferiu uma calça jeans clara, camisa listrada dos Beatles, casaco preto e all star.

 Ao lado do nosso Hotel, havia o Museu Medieval "Castelo Saint George" e paramos para dar uma olhada. 

 O Museu foi construído pelo proprietário Gilberto Guzenski, praticamente sozinho. A construção do castelo em estilo fortaleza medieval foi construído com pedras de arenitos que pesam de 40 a 60 quilos , portas e janelas de madeira itaúba maciços, confeccionados pelo proprietário.

Ao entrar no Museu Medieval, você será recepcionado pelo proprietário, que traja roupas e armas medievais, durante o passeio ele narra histórias medievais e conta como surgiu a ideia de construir o museu.

 A proposta do Museu é remeter você a época medieval, com certeza você irá sentir-se como se estivesse em filmes medievais, como Gladiador. 

 Um verdadeiro acervo de *cutelaria medieval, expostas em vitrines no Museu. Há réplicas de armas dos filmes, Senhor dos Anéis e Coração Valente. Espadas de Samurais, facas da Ilha de Java da Indonésia, armas Chinesas, armas da Revolução Francesa, facas da primeira e segunda guerra mundial, e claro, as lanças utilizadas na revolução farroupilha, armas que foram dos lanceiros negros.

*Cutelaria é o nome dado a quem fabrica instrumentos de cortes como: adagas, facas, machados, espadas, punhais, ou seja, qualquer ferramenta de cortes metálicos. 

 Dentro do museu, há uma loja onde você poderá comprar camisetas e bonés do Museu Medieval, miniaturas de soltados com armaduras e espadas, cavaleiros, chaveiros de miniatura de elmo, miniaturas de espadas. 

 Dentro da loja você poderá alugar roupas medievais e se divertir tirando fotos. 

 São mais de 800 mil brasões de famílias, que você pode consultar pelo seu sobrenome no computador, e encomendar o brasão da sua família ao artesão Gilberto Guzenski.

Imagem relacionada

  Na frente de outro hotel bem perto do nosso. Lindo também!

 Nas escadarias deste hotel inspirador.

Mesmo ângulo com a Iana.

Comigo.

 E com a Vitória.

 Logo na esquina tinha uma loja chamada "Artesanato Noel". Lá nós compramos luvas e objetos de lembranças. 

 Mais há frente, havia uma Fábrica de Chocolates chamada Prawer.

Um pouco sobre A Prawer:

A história da Prawer é a própria história do chocolate artesanal no Brasil. O ofício do chocolate foi descoberto na Argentina por um empreendedor brasileiro, filho de imigrantes Poloneses. Jayme Prawer, com sua perspicaz visão de negócios fez nascer em Gramado a fabricação artesanal de chocolates.

A similaridade de Bariloche com Gramado, em diversos aspectos, foi o mote para a Prawer criar no Brasil a primeira fábrica de chocolate artesanal.

Resultado de imagem para fabrica prawer

Em 40 anos, a Prawer cresceu, sempre mantendo a essência artesanal e é reconhecida pelo seu chocolate de qualidade e sabor inigualáveis.

Resultado de imagem para fabrica prawer

Produto que nasce diretamente das mãos dos artesãos na pequena e profissional fábrica na Serra Gaúcha, num casamento de matéria-prima, emoção e requinte que eleva o seu chocolate à categoria de arte.

Resultado de imagem para fabrica prawer

 Essa jornalista foi tirar foto no slogan em forma de bruxa da Fábrica.

A Avenida que atravessa a cidade de Gramado de norte a sul é a Avenida das Hortênsias. Ela inicia no Pórtico de Nova Petrópolis, separando os bairros Planalto e Bavária.

Resultado de imagem para avenida das hortnsias gramado 

E como todo bom turista, nós demos várias paradas para tirar foto com essas lindas hortênsias. 

 Já no segundo dia, depois do café da manhã, saímos para dar um volta no Centro de Gramado.

Iana estava usando uma calça jeans clara, camisa marrom e kimono estampado em tons de nude. Para combinar, ela usou uma bota na cor caramelo super fashion!

 Essa jornalista vestiu um look preto e branco: Calça preta jeans, camisa preta e branca, bolsa construtivista em preto e branco e para aguentar o frio: polainas listradas em preto e branco e sapato preto.

 

Essa editora e a Vanessa pararam para tirar foto com o lindo coelho de pelúcia.

 Chocolates quentes, chás e grande variedade de pães especiais, bolos e tortas, em café colonial aconchegante.

Endereço: Av. das Hortênsias, 2174 - Vila Suica, Gramado - RS, 95670-000

Hmm! Que delícia hein! Mas tem que estar totalmente em jejum para consumir um "lauto" café desse nível.

Resultado de imagem para cafe colonial torre

 Toda a família na frente do restaurante Nonno Mio. 

Loja da Renner no estilo europeu de Gramado.

 

 Fomos conhecer a Praça das Etnias, que tem restaurantes típicos da Itália, de Portugal e da Alemanha, além do Brasil, é claro.

 

Vídeo mostrando um pouco da Praça. 

 Na praça das etnias, tinha um caminho cheio de flores e hortaliças. Muito lindo!

 

Muito estilosa para dar esse passeio.

Vitória estava usando uma calça jeans rasgada com camisa estilo cigana estampada, casaco jeans e tênis branco. 

 Na praça tinha uma videira cheia de uvas que Gabriel e Vitória tentaram pegar.

 

Dando uma descansada na sombra.

Essa jornalista ao lado de uma estátua de anjo. 

 Foto "a la" Beatles.

 Em outro ângulo.

 Ladeira super fofa que encontramos no Centro.

Loja de tradições gaúchas com muito chimarrão e churrasco. 

Ao lado do termômetro. 

 Iana e papai Cosme muito entrosados.

Linda loja com vários acessórios fashion. Tudo em promoção! Adorooooo!

Nosso casal ao lado de um coração escrito "O amor é lindo" 

Essa Editora e Jornalista muito alegre relembrando lugares no Centro.

 Iana não está linda nessa foto?

Demos uma pausa para almoçar no restaurante Pouso Novo. 

Iana na frente do Restaurante Pouso Novo 

Loja de chocolate Caracol, onde nos antecipamos e compramos ovos de Páscoa, lindos e deliciosos.

Logo depois, fomos conhecer a Paróquia de São Pedro, que ao lado tem uma linda fonte dos desejos.

 Interior da igreja de pedra. 

 Família na frente da igreja.

Essa Editora e Iana na frente de uma casinha de madeira. 

Estátuas dos doze apóstolos: Simão, André, Tiago, João, Filipe, Bartolomeu, Tomé, Mateus, Tiago, Tadeu, Simão e Judas Iscariotes. 

Iana e Noeli na frente das estátuas dos apóstolos: 

 Paróquia São Pedro de Gramado.

  Frente do Museu do Festival de Cinema de Gramado.

Contracenando com o ator temático de Piratas do Caribe.

 Calçada da Fama do Festival de Cinema de Gramado:

Eva Wilma: deixou suas mãos marcadas nesta calçada.

 Anderson Muller: também deixou a sua marca.

 Rocco Pitanga: mais um famoso entre eles

 Antonio Fagundes: também contemplou esta calçada com a sua presença

 Interior do Museu do Festival de Cinema de Gramado. 

Estátua do Kikito, que é o símbolo e prêmio máximo concedido no Festival de Gramado.

Na escada do Museu de Cinema.

Na frente do Festival de Cinema de Gramado. 

Frente da Rua Coberta no Centro. 

 Bondinho passando na rua.

Shopping Largo da Borges, na Av. Borges de Medeiros, no Centro de Gramado. 

 Essa jornalista e Iana na frente do Shopping.

 Na nosso ponto de vista, viajar em família, em férias e ao mesmo tempo à trabalho, traz uma satisfação especial, porque compartilhamos de lugares, pessoas, costumes e tradições diferentes, acrescentando à nossa experiência pessoal, uma realização mais plena e envolvente.

Por hoje é só. Até o nosso próximo encontro falando de outro tema importante da moda. Espero vocês. Até lá. Para mais informações sobre moda, beleza e tudo sobre o universo feminino, acesse: www.anjinhadamoda.com.br

Noeli de Carvalho e Silva

Editora - Jornalista e Produtora de Moda - Poetisa - Escritora de Fábulas, Contos, Estórias e Poemas Infantis.

Siga-nos no Twitter!

Mais de Noeli de Carvalho e Silva

Comentários

Notícias relacionadas