Lula percebeu que contratar Sepúlveda foi “tiro no pé”

A contratação do advogado Sepúlveda Pertence estrategicamente foi mais um gravíssimo erro da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Além do alto custo, parece ter inviabilizado as chances de Lula no Supremo Tribunal Federal (STF).

O duro foi que o próprio PT quem se encarregou de alardear os ‘predicados’ do ex-ministro, suas influências e até um certo parentesco com a presidente do STF, a ministra Cármen Lúcia.

Gleisi, a insana, chegou a afirmar categoricamente que ‘o STF resolveria o problema’.

Depois, na sequência, com algumas ‘companheiras’ invadiu o gabinete da ministra. E voltou a repetir a ousadia de maneira solitária, mas foi barrada.

Mexeram com os brios dos membros da Corte e insultaram gravemente a presidente.

Na ótica idiota dos petistas, com Sepúlveda, ‘chegou o cara que vai resolver tudo, que conversa com todos os ministros, que tem trânsito livre e que é amicíssimo de Cármen Lúcia'. Essa foi a história que o próprio PT propagou.

De outro lado, uma opinião pública que quer ver Lula na cadeia.

Evidentemente, que tudo foi colocado na balança. Mudar um entendimento apenas para beneficiar Lula seria vexatório.

Assim, a presidente tomou posição e nenhum ministro irá afrontá-la, ninguém está disposto a fazer o jogo do PT.

Lula será preso e está R$ 50 milhões mais 'pobre'.

Melhor seria ter ficado com o abobalhado do Zanin, pelo menos já estava pago.




da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça