Na Venezuela popularidade de Maduro despenca e inflação avança

Uma pesquisa divulgada nesta terça-feira (18) realizada pelo instituto de pesquisas Datanalisis, mostra que a popularidade do presidente Nicolas Maduro continua em declínio. Ela caiu para 24,3% em julho, índice ainda pior que o registrado em maio, de 25,8%. Já a avaliação negativa do governo subiu de 68,8% em maio para 70,4% em julho.

O resultado foi impactado pela aguda crise econômica, sentida pela população através da inflação e da escassez de produtos básicos, de peças de reposição a itens de higiene. 

Em sentido inverso à popularidade de Maduro, a inflação avança. A Ecoanalítica, a maior  consultoria privada do país, estima que a inflação atingiu 213,2% nos últimos 12 meses. O número é apenas uma projeção, já que o Banco Central da Venezuela não divulga informações oficiais sobre a alta dos preços há mais de seis meses. A Ecoanalítica também informa que em junho a inflação ficou em 16,1%, chegando a 115,9% no primeiro semestre de 2015.

Maduro, que venceu com margem estreita a eleição para suceder ao falecido presidente Hugo Chávez em 2013, evitou as reformas estruturais que os economistas afirmam seres cruciais para impedir que a situação piore. 

                 https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Comentários