Vandré, autor do “hino contra a ditadura” agora é de direita e proíbe manifestação por Marielle (Veja o Vídeo)

O mito da Música Popular Brasileira Geraldo Vandré retornou ao palco, 50 anos depois.

“Pra não dizer que não falei das flores”, música de sua autoria, um dos maiores hinos de resistência ao regime militar.

A composição, segunda colocada no Festival Internacional da Canção em 1968, foi censurada pelos militares e Vandré foi perseguido, optando pelo exílio para evitar represálias.

Retornando ao palco em sua terra natal, João Pessoa (PB), na sexta-feira (23), Vandré proibiu uma faixa de protesto à morte da vereadora Marielle Franco e pediu que a manifestante se retirasse do teatro.

Vandré é hoje outra pessoa, assumidamente um homem de direita.

Inacreditável.

Veja o vídeo:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Tema Livre