Caso comprovado de “fake News” foi utilizado em campanha política da presidente da UNE

Carina Vitral, que presidiu a União Nacional dos Estudantes entre 2015 e 2017, foi a beneficiária de uma comprovada campanha de ‘fake news’ realizada durante o período eleitoral de 2016.

Na época, Carina era candidata a prefeita de Santos (SP).

A campanha difamatória foi realizada contra o seu adversário, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, que acabou sendo reeleito no 1º turno.

A quebra do sigilo telemático identificou que todo o esquema de difamação do prefeito santista partia do gabinete de um deputado comunista, o cearense Chico Lopes.

A investigação logrou descobrir inclusive que o cartão de crédito do parlamentar pagou publicidade no Facebook para obter ‘curtidas’ nas postagens difamatórias.

O deputado foi denunciado nesta segunda-feira (2) pela Procuradoria Geral da República.

É mais um caso em que a prática se afasta do discurso. Aliás, o próprio discurso é 'fake news'.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política