Lindbergh insulta o comandante do exército (Veja o Vídeo)

A situação está complicadíssima. Um twitter disparado pelo general Eduardo Villas Boas, Comandante do Exército brasileiro, é um recado direto e contundente aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). 

O conteúdo é forte, mas respeitoso e dentro da legalidade. O Comandante apenas afirma o ‘repúdio à impunidade e de respeito à Constituição’.

Ou seja, demonstra que é inconcebível que um criminoso, corrupto e lavador de dinheiro prossiga na sua sanha implacável de pleitear o retorno ao comando da nação, depois de ter se chafurdado no mar de lama da corrupção e da propina. E o faz com ameaças às instituições, desafiando e insultando autoridades que o investigaram e julgaram.

Na sequência, o moleque irresponsável, travestido de senador da República, divulga um vídeo onde rotula o twitter do general Villas Boas de ‘chantagem’. 

Sem dúvida, o petista partiu para o insulto. O comandante do Exército tão somente repudiou a impunidade. Nada mais. Sequer citou o nome do meliante petista.

Veja o vídeo e constate o atrevimento do tal Lindbergh:

De qualquer forma, a resposta veemente não tardou e veio através de um outro general, traduzindo exatamente a vontade popular.

No grande ato pela verdadeira democracia e contra a impunidade, o general Paulo Chagas bradou em alto e bom som: “Lula na Cadeia”.

Veja o Vídeo, que ficou escuro, mas a mensagem é clara e cristalina: 

O STF tem hoje o futuro do Brasil em suas mãos.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política