Após surra em 1ª instância, Zanin leva embate com Dallagnol para o TJ-SP

A contenda judicial travada entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o procurador Deltan Dallagnol, que foi considerada totalmente improcedente pelo juiz de 1º grau, será julgada pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

O advogado Cristiano Zanin entrou com recurso.

A ação se refere àquela famosa coletiva em que Dallagnol recorreu ao powerpoint para mostrar um conjunto de evidências que indicavam, na visão dos procuradores encarregados da investigação, ser Lula o "comandante máximo" da corrupção na Petrobras.

Lula quer 1 milhão de reais de indenização por eventuais danos morais sofridos.

Derrotado em 1ª instância vai em busca do veredito do TJ.

Fatalmente sofrerá novo revés.

Lula efetivamente é o Comandante Máximo.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça