Alexandre de Moraes brilha e destrói voto demagógico de Gilmar

Coube ao primeiro ministro a usar a palavra, logo após Gilmar Mendes, a destruição dos argumentos demagógicos e pusilânimes utilizados em favorecimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Alexandre de Moraes brilhou.

Com extrema firmeza ele disse que o encarceramento de criminosos condenados em segundo grau não foi responsável pela prisão de “pretos e putas”, como defendeu Gilmar, e sim de corruptos e lavadores de dinheiro, em clara alusão ao meliante Lula.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça