Em nota repugnante, PT diz que a Constituição foi rasgada

Na madrugada desta quarta-feira (5), logo após o desfecho do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Partido do Trabalhadores divulgou uma Nota Oficial de conteúdo asqueroso, fora da realidade, totalmente sem nexo.

Para o PT, Lula não teve um julgamento justo. Todos os juízes são parciais e Gilmar Mendes é um grande companheiro.

Os seis ministros que denegaram a ordem de Habeas Corpus, cinco foram escolhidos por Lula e Dilma.

A origem da escolha, representa quão grave foram os crimes cometidos pelo ex-presidente da República.

Lula é um criminoso, corrupto e lavador de dinheiro, que teve todas as chances do mundo de se regenerar, quando conseguiu sair isento do mensalão. Preferiu desperdiçar, alimentando um esquema de corrupção gigantesco, que dilapidou os cofres públicos do povo brasileiro.

O PT, cujos integrantes de sua cúpula estão todos envolvidos nos esquemas de corrupção comandados por Lula, não poderia ter outra atitude. Na Nota Oficial tenta encontrar culpados para os crimes que cometeu.

Veja o texto petista:

 Nota oficial: Um dia trágico para a democracia e para o Brasil
 Nossa Constituição foi rasgada por quem deveria defendê-la e a maioria do STF sancionou mais uma violência contra o maior líder popular do país, Lula
 Hoje é um dia trágico para a democracia e para o Brasil.
 Nossa Constituição foi rasgada por quem deveria defendê-la e a maioria do Supremo Tribunal Federal sancionou mais uma violência contra o maior líder popular do país, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
 Ao negar a Lula um direito que é de todo cidadão, o de defender-se em liberdade até a última instância, a maioria do STF ajoelhou-se ante a pressão escandalosamente orquestrada pela Rede Globo.
 E ao pautar o julgamento do habeas corpus de Lula, antes de apreciar as ações que restabelecem a presunção da inocência como regra geral, a presidenta do STF determinou mais um procedimento de exceção.
Esse direito fundamental, que fatalmente voltará a valer para todos, não valeu hoje para Lula.
Não há justiça nesta decisão. Há uma combinação de interesses políticos e econômicos, contra o país e sua soberania, contra o processo democrático, contra o povo brasileiro.
A Nação e a comunidade internacional sabem que Lula foi condenado sem provas, num processo ilegal em que juízes notoriamente parciais não conseguiram sequer caracterizar a ocorrência de um crime.
Lula é inocente e isso será proclamado num julgamento justo.
O povo brasileiro tem o direito de votar em Lula, o candidato da esperança. O PT defenderá esta candidatura nas ruas e em todas as instâncias, até as últimas consequências.
Quem tem a força do povo, quem tem a verdade ao seu lado, sabe que a Justiça ainda vai prevalecer.
Comissão Executiva Nacional do PT

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política