Moro deve decretar a prisão de Lula na próxima quarta-feira

A rigor o juiz Sérgio Moro já poderia determinar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, hoje (5), sem qualquer problema, sem qualquer mácula ao direito.

Não há necessidade nenhuma de aguardar o julgamento dos tais ‘Embargos dos Embargos Declaratórios’, pois trata-se de um recurso que não tem o condão de alterar qualquer decisão.

Porém, segundo informações colhidas junto ao cartório da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, não será determinada a expedição do mandado de prisão até que o tal recurso seja julgado e o processo definitivamente encerre seu trâmite no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Tudo indica que é uma decisão pessoal e estratégica do juiz Sérgio Moro.

A ideia é efetuar a prisão sem muito alarde e sem qualquer confronto com a insana militância petista.

A partir do dia 11 de abril, Lula, 15 anos após chegar ao Palácio do Planalto para comandar o maior saque aos cofres públicos que se tem conhecimento na história, será preso.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça