Após a partida que definiu o futuro de Lula, time de ministros do STF é avaliado: Confira os resultados.

Gilmar Mendes - Claramente já está com a cabeça na Europa. Tirou o pé na maioria das jogadas. Saiu logo no início aos gritos de mercenário

Fachin - Lúcido. Organizou o time. Soube controlar o jogo no momento de pressão do adversário com seu toque refinado.
Nota: 8,0
 
Alexandre de Moraes - Firme. Jogou sério e transmitiu segurança ao torcedor. Poderia ter levado amarelo na chegada em Batochio logo no início. Mostrou quem manda na zaga.
Nota: 7,5

Barroso - Elegante. Uma noite de gala. A bola procura o craque. A torcida gritou seu nome ao final merecidamente. Carimbou o passaporte pra Rússia.
Nota: 9,0

Rosa Weber - Que susto! Sentiu o peso da partida. Confusa e atabalhoada. Mas no final acabou premiada com o gol da vitória. Sua declaração no final resume tudo: “Como dizia Dadá, não existe gol feio. Feio é não fazer gol.”
Nota: 8,0

Fux - Xerife. Firme na marcação. Não deu espaço ao adversário. Seguro.
Nota: 7,5

Dias Toffoli - Fraco. Destoa no time. Cada dia a torcida entende menos sua contratação. Erra o básico. Atuação para esquecer.
Nota: 4,0

Lewandowski - Apagado. Correu, correu, correu e pouco somou. Em alguns momentos parecia estar com a cabeça em outro jogo. Uma lástima.
Nota: 3,0

Gilmar Mendes - Jogou?? Claramente já está com a cabeça na Europa. Tirou o pé na maioria das jogadas. Saiu logo no início aos gritos de mercenário.
Nota: sem nota.

Marco Aurélio - Burocrático. A catimba de sempre. Tentou segurar o resultado e no final foi castigado. A tabelinha com Batochio não funcionou dessa vez. Cansou no final.
Nota: 3,0

Celso de Mello - Perdido. Muita técnica e pouca objetividade. Precisa entender que futebol é resultado. Até os companheiros se irritaram com as firulas desnecessárias e jogadinhas de efeito.
Nota: 6,0

Carminha - Estrategista. Mostrou que no futebol moderno estudar o adversário é fundamental. Organizou o time e foi premiada com três pontos improváveis. Atuação de gala. Alô Tite...
Nota: 9,5

*Texto circula em grupos de Whatsapp sem indicação de autoria.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Circulando na rede