Lula não se entrega e cava sua própria "sepultura"

A não rendição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pode ser fatal para o petista.

O fato de ter se cercado de militantes, dificultando e até impossibilitando a ação da polícia sem que seja colocada em risco a vida de terceiros, pode fazer com que a Justiça o considere como ‘foragido’.

Isto acontecendo, o efeito será devastador.

Em todos os processos que tramitam contra o ex-presidente poderá ser decretada sua prisão preventiva, todas elas devidamente fundamentadas e com base na desobediência à ordem judicial e obstrução da justiça.

A defesa de Lula comete um erro primário e ridículo. Juiz nenhum concederá qualquer benefício a um cidadão que esteja em franca desobediência a uma ordem judicial.

Sepúlveda permaneceu em Brasília e Lula foi orientado pelo abobalhado Cristiano Zanin e por José Roberto Batochio, que acabou de declarar que ‘Lula não irá para o matadouro de cabeça baixa’.

Estrategicamente a PF desistiu de efetuar a prisão de Lula nesta sexta-feira, mas na próxima semana, o meliante petista poderá ter sobre si, além da ordem de prisão para cumprimento da pena no processo do tríplex, diversos outros mandados de prisão preventiva.

Todavia, circula a informação de que o petista teria alegado que sua não rendição deve-se a sua vontade de comparecer amanhã na missa de aniversário da morte da ex-mulher, Marisa Letícia.

Novamente, Lula usa a mulher morta como escudo para seus crimes de colarinho-branco.

Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Siga-nos no Twitter!

Mais de Amanda Acosta

Comentários

Notícias relacionadas