Vergonha de ser brasileiro, sim!

Sim, tenho VERGONHA DE SER BRASILEIRO e nenhuma daquelas frases idiotas, tipo, "então vai embora" e etc vai me intimidar para não colocar essa vergonha em letras garrafais. Mas só pra constar, ir embora da República Federativa da Banânia e deixar para trás o seu subdesenvolvimento moral é o meu maior desejo no momento.

Como não ter vergonha de um país onde um réu condenado e com mandado de prisão expedido, cercado de pessoas também investigadas e até de uma ex-presidente cassada por incompetência, transforma sua prisão em espetáculo midiático, fazendo dela em palanque eleitoral?

Em que outro país do mundo o condenado sobe num trio elétrico para atacar a Justiça - em QUATRO INSTÂNCIAS, que o condenou?

Em que outro país do mundo o condenado escolhe quando, onde e como vai ser preso, fazendo escárnio da Justiça?

Em que outro país do mundo a Justiça aceita ser aviltada e desafiada da forma que foi, e ainda ter Ministros da Suprema Corte defendendo e querendo livrar a cara do bandido?

Eu digo e repito... SIM! TENHO VERGONHA DE SER BRASILEIRO, como tem qualquer outra pessoa cujos valores de decência, moral, justiça e honestidade são mais importantes que uma posição política, uma ideologia ou um partido. Tenho vergonha por ver compatriotas meus fazendo da prisão de um ladrão uma romaria para apoiá-lo e quase pedindo sua beatificação.

Agora eu entendo que a cor verde na nossa bandeira não significa as matas, e sim o capim. O capim que é o principal alimento dessa gente que participa do pior e mais deprimente espetáculo da Terra.

Mas a minha maior vergonha é ver que ninguém faz nada, nem mesmo aqueles que vestem o verde-capim, cheio de estrelas nos ombros.

Siga-nos no Twitter!

Mais de Marcelo Rates Quaranta

Comentários