Na última entrevista, Lula diz sobre Moro: “Uma mente doentia, onde a mentira não tem limites” (Veja o Vídeo)

Em sua última entrevista antes de ser recolhido ao xilindró, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva abusou da infâmia.

Referindo-se ao juiz Sérgio Moro Lula diz:

‘É uma mente doentia, uma obsessão em que a mentira não tem limites’.
Lula tem razão, em parte.

A mentira realmente não tem limites e permite que o mentiroso seja hipócrita, que corrupto e lavador de dinheiro não tenha qualquer senso de Justiça e seja tremendamente cara de pau. E que o criminoso proceda a mais completa inversão de valores.

O desconto no caso, fica para o fato de que neste momento Lula estava completamente embriagado.

Veja o vídeo:

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça